quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Ás vezes



Às vezes sinto-me perdida.
Penso que é uma sensação comum, de fato, todos já devem ter sentido algo parecido. Caminhei hoje cedo pela esquina de casa e resolvi admirar o quanto as coisas não mudam. Todos os dias, pessoas vão a mesma parada esperar os ônibus que os levarão aos destinos desejados. Todos os dias aquele velhinho senta na parada com os vários livros de diversas temáticas, desde antigos exemplares de obras didáticas sobre a medicina até romances bobos como "Crepúsculo" e clássicos da literatura como "Senhora".

O que desejo dizer é: embora os livros estejam sempre mudando, o velhinho está lá todo dia. Lendo um livro ou dois, vendendo os demais...

As pessoas mudam, as roupas, as cores, tudo muda! E eu continuo com a sensação de que nada mudou. O velhinho está ali. Meio sujo, meio deprê, segurando mais um livro e sempre pondo a plaquinha que indica o preço das mercadorias. Posso contar com a presença daquele homem. Tenho sempre a certeza de passar por ali e ter o mesmo pensamento "esse senhor precisa de um banho",  logo em seguida admirar os títulos á venda e pesar se devo ou não levar alguns ( já que tenho centenas acumulados em casa para ler).

Acho que essa é a razão de sentir-me perdida. É tudo tão rotineiro, não consigo achar o diferente, a vida torna-se lenta. Isso a deixa perdida para mim. Nesses momentos olho para o céu. Percebo que aquela nuvem não estava ali. Que a cor de uma folha mudou. Que a pessoa na parada pode estar fazendo a mesma ação de milhares de outras, contudo possui uma história distinta. Tem pensamentos só dela, um caminho completamente diferente. Eis que lembro a velocidade da vida. Percebo enfim o movimento. Não me sinto tão perdida, afinal.

Desacelerar as vezes é muito bom. Acelerar também. Em ambos os casos o velhinho está sempre lá.
É um conforto, talvez um lembrete, de que tudo muda e no entanto certas coisas têm que ficar.


2 comentários:

  1. Olá querida MaNa! Lembrei de você sim, venho aqui em nome do blog Ideias que vem, e aceito a sua parceria! Seu blog está i-n-c-r-í-v-e-l-! Muito lindo, amei o seu textooo!!!!
    Beijãoooo

    ResponderExcluir